img

Kaspersky: 2022 terá mais trojans bancários e menos ransomwares

O laboratório de segurança Kaspersky apresentou o relatório da empresa com os prognósticos de segurança para 2022 no cenário da América Latina.Na visão da companhia, cibercrimes ficarão mais seletivos no ano que vem, o que significa que eles devem acontecer em menor quantidade, porém com métodos mais elaborados e alvos devidamente selecionados para gerar o maior lucro possível aos criminosos.Leia mais...

×